quarta-feira, 12 de março de 2008

Muhallebi .....

No sábado resolvi colocar em prática uma das receitas citadas pela Fernanda de Camargo-Moro no livro "A ponte das turquesas". Já falei sobre o livro aqui e aqui. Optei pelo Muhallebi por ser um dos poucos pratos à base de leite citados na época de Mehmet II. Era uma sobremesa muito solicitada pelo sultão Mehmet II. O sultão turco-otomano, Fatih Mermeth II entrou em Constantinopla em 29 de maio de 1453 e colocou fim ao Império Bizantino. Foi um grande sultão, tolerou muita coisa e foi o responsável pela existência do grande palácio Topkapi.
O Muhallebi é uma sobremesa à base de farinha de arroz. É uma das especialidades turcas citadas no grande livro de receitas do Mehmet bin Mahmud Chirvânî, datado do século XV. O Chirvânî é uma tradução para o turco do livro de receitas árabes Kitâb al-tabîkh de Baghdâdî, datado do século XIII. Descobriram também que o livro continha uma série de novas receitas e interpretações não citadas no Kitâb al-tabîkh. É um dos primeiros livros de receita da culinária turca. Ele lembra o blanc-manger do mediterrâneo.
Dei uma pequena modificada na receita......coloquei 3 colheres (sopa) de açúcar orgânico ao invés de uma. No lugar de borrifar a água de rosas, decidi incorporar diretamente ao creme. Para dar um toque e usar as tâmaras que tinha na geladeira fiz uma geléia de tâmaras. Troquei a canela solicitada na receita por cravo em pó. Queria seguir à risca a receita original mas raramente consigo.....aiaiaia. A geléia de tâmaras deu um toque especial à sobremesa do Mehmet II. Não achei que a sobremesa datada do século XV faria tanto sucesso aqui em casa..... fez mais do que sucesso......foi um arraso total. Ficou maravilhosa.......uma perfeição. A Turquia que me aguarde ......

Muhallebi
- 3 colheres (sopa) bem cheias de farinha de arroz
- 1 colher (sopa) de açúcar (usei 3 colheres de açúcar orgânico)
- 1 litro de leite
- 80 g de manteiga sem sal
- água-de-rosas
- canela (troquei por cravo em pó)

Esquentar o leite. Numa outra panela colocar a farinha de arroz e ir adicionando o leite morno. Colocar a panela no fogo e mexer lentamente (usei um fouet). Quando a mistura estiver engrossando, junte a manteiga e depois o açúcar, retirando do fogo. Colocar em tigelas, borrifar água-de-rosas e polvilhar com canela (ou o cravo em pó como a garota aqui). Levar à geladeira e servir bem geladinho.

Eu montei assim: coloquei uma camada do creme, uma outra de geléia de tâmaras e finalizei com o creme. Salpiquei o cravo em pó (ou canela) e pedacinhos de tâmara.
Vamos as tâmaras:

Geléia de tâmaras
- 1 cacho de tâmaras
- 5 colheres (sopa) de açúcar mascavo
- 60 ml de água
Deixei no fogo até as tâmaras desmancharem e virar um linda geléia.
obs: todas as informações acima foram extraídas do livro "A ponte das turquesas".

13 comentários:

Cláudia disse...

Fabri, você não imagina que vontade você me faz passar lendo e vendo essas receitas das mil e uma noites, com tâmaras, leite cremosinho. To babando pela beleza e pelo paladar aqui no monitor.

bjs

Receitas da Filipa disse...

Que sobremesa linda e adorei a foto!
Vou anotar a receita desta maravilha pois gostei muito.

Beijinhos

Laurinha disse...

menina, adoro vir aqui, saio carregada de informações, e levinha pois babo que é uma coisa!!
Hummmmm, delícia!
Beijinhos,

laila disse...

nem em sonho aprendi tanto sobre a tunisia...e sabe doq ...estou adorando!!!

maravilha de receita...com tamaras, creminho e agua de rosas só ode ser um deleite!

bjs

Vera disse...

É a mesma coisa que mallabi? Um doce...tio um mingau de farinha de arroz com damascos?
Deve estar delicioso!
Bjo
Vera

Luciana Macêdo disse...

Creme com sabor e história com umas pitadinhas de criatividade, não tem defeito.
Bjs!

Marizé disse...

Esta é daquelas receitas que eu não resisto. Cheia de história, ingredientes exóticos e aromas enebriantes!

Beijocas

iliane disse...

Fabricia..parabens menina!!!seu blog..não é simplesmente um "blog!"..é uma viagem...ler cada coisa que você escreve..é se sentir numa viagem encantadora!!obrigado por êsse banho de conhecimento!!!..logico que tô "babando" no seu Muhallebi!!!maravilha...

Fabi disse...

Nossa, que coisa mais exótica... e a foto está demais, dá pra sentir o clima... Bjos!

Leila disse...

pensei que fosse arroz doce! hehehe
eu comi uma vez tamaras mas nao lembro o gosto. Estou louca por essa farinha de arroz mas nao encontro aqui.
que gosto tem essa sobremesa? é tipo um creme?
beijinhos

Marina disse...

Parênteses: eu adoro essa sua toalha vermelha!!!!

Comentário: esse doce tá com uma cara de-li-ci-o-sa!

beijocas

Odete disse...

Que combinacao harmoniosa tamaras e agua de rosa. Fiquei aqui babando por um potinho desses.
Pra mim, comida esta sempre ligada a historia, envolvendo lugares e pessoas.
beijao e um lindo fim de semana.

Cris disse...

Que delícia de história... E estes copinhos? Eu contei que fazemos coleções de shotglasses, esses copinhos de cachaça que se vendem nos aeroportos, temos de vários países! Bjs, saudades... nem tempo pra ir ao skype tenho tido...